Nostalgia: 5 discos brasileiros que completam meio século em 2016

BLOG


Nostalgia: 5 discos brasileiros que completam meio século em 2016

Ano dos feriados prolongados e da redenção de Adele sobre o Grammy, 2017 tinha tudo para ser abençoado. Ao menos quando falamos de música, esse é o ano em que 5 dos álbuns mais influentes da tradição musical tupiniquim completam suas boldas de ouro.

Aproveite para relembrar esses grandes clássicos e se delicie-se com as vozes de Tom Jobim, Caetano Veloso, Gal Costa, Milton Nascimento e até Sinatra.

#1 Domingo por Gal e Caetano

Os baianos donos de algumas das canções mais marcantes da música popular brasileira, lançaram sua carreira há 50 anos. Com um disco que é tão prazeroso quanto dia que dá nome ao álbum e uma verdadeira benção a música.

Produzido por Dori Caymmi e apadrinhado por Maria Bethânia, que já era conhecida por sua atuação no musical Opinião, o disco traz sucessos da dupla com Coração Vagabundo do próprio Caetano e Minha Senhora, canção de Gilberto Gil e Torquato Neto.

Aproveite para ouvir o álbum.

#2 Sinatra e Jobim

O albúm que por pouco não ganhou o Grammy é parte importante do sucesso de Tom em terras norte-americanas. Entre os sucessos desse álbum que reúne duas das maiores lendas da música mundial está a versão em inglês da música que é um hino carioca.

#3 Louvação de Gil

A Bahia invadiu com tudo a música brasileira. Alem de Gal e Caetano, o mundo teve o prazer de receber o primeiro disco de Gil. Um século de música desses gênios quase mereceu um Grammy.

O álbum conta com parcerias de Caetano (claro), Torquato Neto e Geraldo Vandré. O álbum também contou com a produção do carioca Dori Caymmi.

#4 Travessia de Milton Nascimento

As alterosa marcaram presença no ano, presença ilustre com ele que é chamado de “a voz”. Nas palavras do próprio Milton, o LP que o lançou no mundo da música é “um sonho realizado”.

A canção que dá nome ao álbum, contém diversas críticas ao momento ditatorial do Brasil e recebeu o segundo lugar no 2º lugar no Festival Internacional da Canção.

Confira um pouco dessa música, que marcou o momento de rebeldia musical do Brasil e da música militante.

#5 Wave por Tom Jobim

Para mim é a música traz a memória obras do grande Manuel Carlos. A trilha é quase parte do cenário do Leblon e já embalou diversas cenas emocionantes no horário nobre da Globo.

Os singles trazem a urbanidade de Nova York e a nostalgia do Rio e é considerado a principal obra do grande compositor.