Hoje é dia de rock, bebê: como surgiu um dos estilos mais populares

BLOG


Hoje é dia de rock, bebê: como surgiu um dos estilos mais populares

Hoje, dia 13 de julho, é  o dia do rock! Responda essa pergunta: como tudo isso que chamamos de rock and roll começou? Quem é mais rock and roll? Beatles ou Rolling Stones? Bill Haley e seus cometas ou Elvis Presley?

 

Para alguns o rock and roll tem uma definição específica e é representado, de acordo com cada opinião, mais por alguns ícones do que por outros ícones, e daí isso depende da liberdade de escolha, da informação, e opinião de cada um.

 

Mas o rock and roll nasceu quando? Podemos dizer que só existe um tipo? Só existe um representante do famoso ritmo que balançou as estruturas mais convencionais além de balançar os quadris de muitos jovens de todas as idades mundo afora?

 

Por falar em convenção, podemos dizer que alguns consideram o nascimento do rock and roll no final da década de 1940 e início da década de 1950. Uma das músicas mais famosas dessa época é “Rock Around the Clock”.

                       

O blues tem a ver com o rock ou é o contrário?

 

Mas essa música não é uma canção baseada em formato de 12 compassos muito utilizada no blues norte americano? Aqui começa a nossa viagem rumo às influências que podem ser consideradas marcantes nessa história.

 

Alguns historiadores consideram também as influências de country music, rhythm and blues e gospel.

 

E nós sabemos que música se desenvolve com influências, já que para se fazer música deve-se aprender e escutar. E como consequência, a prática e o estudo se inserem na maneira que um artista desenvolve a sua forma de expressão ao longo de sua vida.

                                     

“Balançar e rolar”, é isso mesmo?

 

O termo rock and rolling, por exemplo, foi gravado em uma música por um quarteto vocal masculino, em meados da década de 1910. A música em questão  chamava-se The Camp Meeting Jubillee e fala de religiosidade.

 

Ao mesmo tempo o  termo rock and roll era frequentemente usado por negros e naturalmente pelo blues, com uma conotação sexual. Existem várias informações que relatam o uso do termo em várias músicas ao longo das décadas seguintes.

 

Leia abaixo uma parte de um texto bem explicativo e interessante – editado pela Wikipédia – sobre o rock and roll.

 

O desenvolvimento do rock and roll foi um processo evolutivo, não há um registro único que pode ser identificado como inequivocamente “o primeiro” disco de rock and roll.Candidatos para o título de “primeiro disco de rock and roll” incluem “Strange Things Happening Everyday” de Sister Rosetta Tharpe (1944); “Rock Awhile” de Goree Carter (1949);”Rock the Joint” de Jimmy Preston (1949), que mais tarde foi regravado por Bill Haley and his comets, em 1952; “Rocket 88” de Jackie Brenston and his Delta Cats (na verdade, Ike Turner e sua banda The Kings of Rhythm), gravada em março de 1951.

 

Em termos de seu grande impacto cultural em toda a sociedade americana e em outros lugares do mundo, “Rock Around The CLock” de Bill Haley,  gravada em abril 1954,  não foi um sucesso comercial até o ano seguinte, é geralmente reconhecida como um marco importante, mas foi precedida de muitas gravações das décadas anteriores em que os elementos do rock and roll pode ser claramente detectados.

Mas se hoje é dia de rock, então “rock and roll”!

O importante é o seguinte: hoje é dia de rock! E de toda forma, vamos balançar e rolar por aí!

Comemore e venha estudar conosco, a melhor escola de rock de Minas Gerais, Melody Maker Escola de Música!

É rock, é roll e é Melody Maker!